sábado, 28 de abril de 2007

A Virgem ao meio dia

Paul Claudel


É meio dia. Eu vejo a igreja aberta. E devo entrar.
Mãe de Nosso Senhor, eu não venho rezar.
Nada tenho a pedir e nada a oferecer
Venho somente, ó minha Mãe, para vos ver.
Ver, chorar de felicidade, não saber mais
Do que isto só: que eu sou vosso filho e que aí estais.
Por um momento só quando tudo está quieto.
Meio dia!Estar convosco, assim, sob este mesmo teto.
Nada dizer, contemplar a vossa imagem,
Deixar que o coração cante a própria linguagem,
Nada dizer, mas apenas cantar, porque a alma está cheia demais,
Como o melro que desfia a sua idéia pelo espaço em estrofescasuais.
Porque vós sois tão formosa, porque vós sois a toda imaculada,
A mulher afinal na Graça restaurada,
A criatura na sua honra primeira e na sua plenitude final,
Tal qual saiu das mãos de Deus na Manhã do seu esplendororiginal.
Intacta inefavelmente porque vós sois a Mãe de Jesus Cristo.
Que é a verdade entre vossos braços, e a única esperança e o único fruto,
Porque vós sois a mulher, o Éden da antiga ternura olvidada
Cujo olhar encontra, súbito, o coração e faz jorrar as lágrimasacumuladas,
Porque me quisestes salvar, porque quisestes salvar a França,
Porque ela também, como eu, para vós foi uma coisa na lembrança,
Porque foi quando tudo ruía que vós quisestes intervir por nós,
Porque quem salvou a França ainda uma vez fostes vós,
Porque é meio dia, porque estamos no dia de hoje e estamos sós.
Porque vós aí estais para sempre, simplesmente porque vóssois Maria,
simplesmente porque existis, mais nada,
Mãe de Nosso Senhor, graças vos sejam dadas!

(trad. Guilherme de Almeida)

Nenhum comentário:


Fernando Rodrigues Batista

Quem sou eu

Minha foto
Católico tradicionalista. Amo a Deus, Uno e Trino, que cria as coisas nomeando-as, ao Deus Verdadeiro de Deus verdadeiro, como definiu Nicéia. Amo o paradígma do amor cristão, expressado na união dos esposos, na fidelidade dos amigos, no cuidado dos filhos, na lealdade aos irmãos de ideais, no esplendor dos arquétipos, e na promessa dos discípulos. Amo a Pátria, bem que não se elege, senão que se herda e se impõe.
"O PODER QUE NÃO É CRISTÃO, É O MAL, É O DEMONIO, É A TEOCRACIA AO CONTRÁRIO" Louis Veuillot